Rádio Som de Deus



Lançado em: 28-02-2019

Senhor, fazei meu coração manso e humilde igual ao teu!

Meus queridos irmãos e irmãs, estamos celebrando o oitavo domingo do Tempo Comum. Já está chegando o Tempo da Quaresma, quando somos convidados a renovarmos a nossa conversão, para bem celebrarmos a Páscoa do Senhor.

A Liturgia da Palavra de hoje nos insere na dinâmica de voltarmos o olhar para o nosso coração. O cristão é convidado a ter o Senhor em seu coração, para que do seu coração brote coisas boas. O cantor Saulo Fernandes, na música “Tão Sonhada”, entoa: “arrumei a casa, preparei o coração, esperando a sua chegada tão sonhada”.

A Liturgia da Palavra nos convida a isso: precisamos arrumar o nosso coração para que nele o Deus, que é amor, possa habitar. Quem vê cara não vê coração. Esse ditado popular aponta o que os textos bíblicos de hoje exortam a cada um de nós: precisamos conhecer o coração das pessoas, para assim, identificarmos se elas são realmente a presença de Deus em nossas vidas.

Na primeira leitura, extraída do livro do Eclesiástico (Eclo 27,5-8), o autor sagrado exorta para a necessidade de primeiro se conhecer as pessoas, para depois se tecer elogios ou críticas. Faz essa exortação utilizando três exemplos: a peneira, o forno e o fruto. A peneira separa o que presta e o que não presta, assim também, a fala, como uma peneira, aponta os defeitos do homem. O fogo prova os vasos do oleiro, assim também, o homem é provado em sua conversa. O fruto revela como a árvore foi cultivada (não existe árvore boa que dê frutos ruins [evangelho]), assim também, a palavra mostra o coração do homem.

Na segunda leitura, extraída da primeira carta de São Paulo aos Coríntios (1Cor 15,54-58), Paulo, mais uma vez, exorta a respeito da ressurreição. Na verdade, Paulo está dizendo à comunidade de Corinto que eles não precisam ficar angustiados pois, com a ressurreição de Cristo, a morte foi vencida. Contudo, os membros da comunidade precisam ser firmes, empenhando-se cada vez mais na obra do Senhor.

No evangelho, extraído do evangelista São Lucas (Lc 6,39-45), Jesus conta uma parábola aos seus discípulos. Ele utiliza quatro figuras: o cego, o cisco, a árvore e o homem. Jesus afirma que um cego não pode guiar outro cego, portanto, o discípulo não pode querer se fazer melhor do que seu mestre, pelo contrário, deve procurar imitá-lo. Ele também diz que é inadmissível um irmão querer tirar um cisco do olho de seu próximo, quando em seu próprio olho existe uma trave, ou seja, precisamos reconhecer, por primeiro, as nossas culpas e pecados, para depois, com misericórdia, ajudar os nossos irmãos. Jesus também comunica que não existe árvore boa que dê frutos ruins ou árvore ruim que dê frutos bons, ou seja, não existe um coração bom com atitudes ruins. Por fim, Ele exorta que um homem bom tira coisas boas do bom tesouro, esse é o seu coração. Contudo, o homem mau tira coisas ruins, porque, no seu coração só existe coisas ruins.

A Liturgia da Palavra de hoje é um convite a voltarmos o nosso olhar para o nosso coração. Olhando para o nosso coração, somos convidados a enxergar o que está presente nele. Precisamos fazer esse autoexame, pois a nossa boca fala do que o nosso coração está cheio (evangelho). Para conhecermos as pessoas, precisamos examinar as suas palavras e chegar até o seu coração. Existem muitos discursos bonitos e eloquentes, contudo, com corações dilacerados e vazios. Sejamos prudentes nas nossas relações. Não nos deixemos ludibriar por palavras bonitas (primeira leitura). Com isso, precisamos nos assemelhar e ter Jesus como exemplo. Ele que se encarnou, morreu e ressuscitou por nós. Sejamos fieis à Sua Palavra e ensinamentos (segunda leitura).

Peçamos a graça de sempre termos um coração manso e humilde igual ao de Jesus. Para que os acontecimentos deste mundo decorram na paz, que brota do coração de Deus, e que possamos servir alegres e tranquilos, pois o nosso coração é só de Jesus.

Autoria: seminarista Ícaro Marcos Soledade Oliveira.
Revisão ortográfica: Nelmira Moreira




5 Últimos Lançamentos

Ama teu próximo como a ti mesmo! - 13-07-2019


As colunas da Igreja: São Pedro e São Paulo - 28-06-2019


VIDA É MISSÃO! - 21-06-2019


A Trindade Santa - 14-06-2019


​​​​​​​Alegrai-vos! Desce sobre vós o Paráclito! - 08-06-2019


Rádio Som de Deus
Uma grande expressão de fé e louvor do povo de Deus da Arquidiocese de Feira de Santana-BA.
Copyright © 2016 - Rádio Som de Deus
Todos os direitos reservados