Rádio Som de Deus



Lançado em: 26-02-2017

As tentações na vida cristã

As tentações na vida cristã

Em algumas meditações passadas, refletimos que Jesus veio anunciar o reino de Deus para todos, sem distinção social, política e econômica. O convite salvífico de Deus, plenificado na pessoa de Jesus, é para todos, cabendo a nós aceitarmos ou não o apelo: “vem e segue-me”. À medida que passamos a fazer parte do reino de Deus, um convite nos é feito: “convertei-vos e credes no evangelho” (cf. Mc. 1, 15). Esse alerta é enfatizado no tempo da Quaresma, porém, deve ser lembrado todos os dias, pois, a conversão é confirmada no dia-a-dia, com as nossas atitudes, gestos, palavras e ações.

Quando falamos em conversão, estamos falando em mudança de vida. Portanto, todo cristão, ao fazer a sua experiência com a pessoa de Jesus, antes de sair anunciando que O encontrou, deve mudar de vida. Porém, o caminho do cristão não é uma via onde não haverá tribulações, tormentos e aflições. Assim como na vida de Jesus, nas vidas dos cristãos também haverá tentações.

Depois de ser batizado por João, seguindo a cronologia do evangelista Mateus, Jesus foi conduzido ao deserto para ser tentado. Aí começam as tentações, passando por Jerusalém e terminando em uma montanha. Esses lugares, comuns aos judeus, são significativos para o povo de Israel.

No deserto, Deus libertou o povo da escravidão do Egito e lhes deu de comer; Jerusalém é considerada a Cidade Santa (cf. Sl. 121) e, por fim, a montanha é o lugar de onde Deus falava, principalmente no Antigo Testamento, (lembre: os dez mandamentos [cf. Êx. 19, 16ss]) e de onde também Jesus, pronuncia um de seus mais belos sermões: “O sermão da montanha” (cf. Mt. 5-7) e de onde, após ressuscitar, envia os seus discípulos ao mundo, para pregar seu Evangelho (cf. Mt. 28, 16ss).

Assim como na vida de Jesus, as tentações na vida do cristão não são surreais e/ou utópicas. O cristão é tentado no seu cotidiano, nas situações corriqueiras de sua vida. Assim como na tentação de Jesus, três lugares que são significativos para nós, podem ser motivos de tentação: a Igreja, a família e as amizades.

Na Igreja, somos tentados, quando elevamos ou rotulamos a nossa experiência de fé, a nossa espiritualidade como modelo e, ao mesmo tempo, menosprezamos a fé e a experiência do outro. Também somos tentados na Igreja, quando apontamos o pecado do outro, quando não somos capazes de retirar a trave dos nossos olhos (cf. Mt. 7, 1ss) antes de julgarmos os nossos irmãos.

Na família, somos tentados a deixar de ser a figura de Cristo em nosso próprio lar. A tentação na família se dá, quando eu permito que as brigas tomem o lugar do diálogo, quando o ódio e a raiva tomam o lugar do amor, quando o ciúme toma o lugar da ternura, quando a tristeza toma o lugar da alegria.

Nas nossas amizades, somos tentados a sempre exigirmos atenção, carinho e afeto, esquecendo nós que a amizade é construída, tendo como base duas pessoas com suas qualidades e defeitos. Somos tentados a projetar no outro as nossas imperfeições e dificuldades, não sabendo que o problema pode estar em nós e não em nossas amizades.

Assim, muitas podem ser as tentações na vida cristã. Para vencê-las, é preciso seguir os passos de Jesus. Seguir os passos de Jesus é tomar a cruz e seguir (cf. Mt. 16, 28). O Cristo que seguimos é o mesmo que foi tentado no deserto e morto em cruz, “escândalo para os judeus e loucura para os pagãos” (cf. 1 Cor. 1, 23). Ele mesmo nos disse: “tenhais paz. No mundo tereis aflições. Mas tende coragem! Eu venci o mundo” (cf. Jo. 16, 33). As tentações na vida do cristão podem até provocar tristeza, porém, essa se “transformará em alegria” (cf. Jo. 16, 20).

Autor: seminarista Ícaro Marcos Soledade Oliveira
Revisão ortográfica: Nelmira Moreira




5 Últimos Lançamentos

As imagens do ressuscitado - 20-04-2018


- 20-04-2018


Jesus, Maria e José - Minha família vossa é! - 31-12-2017


A Casa de Deus - 22-12-2017


Cristo vem - 16-12-2017


Rádio Som de Deus
O momento foi festejado com a participação da Banda Recomeçar de Feira de Santana.
Copyright © 2016 - Rádio Som de Deus
Todos os direitos reservados